Pages

Wednesday, December 17, 2008

Os dois lados do Natal

O melhor e o pior do Natal

Melhor:

- A decoração das casas.
- A procura daquele presentes especial para aquela pessoa especial
- O deslumbramento das crianças
- As decorações das casas e das ruas


Pior:

- O excessivo consumismo
- A hipocrisia das pessoas em telefonar/ mandar sms a quem não ligam o resto do ano
- A opulência dos ricos face ao Natal dos mais necessitados
- A futilidade que envolve todos os preparativos


Eu não me consigo deixar envolver pelo Natal. Respeito muito o aspecto religioso do Natal, mas sinto no meu interior que é uma época de hipocrisia e falsidade. É um corre corre, um constante vai e vém de pessoas. E pergunto-me, para quê tanta loucura? Não seria bem melhor durante o resto do ano partilharmos mais, sermos mais bondosos, carinhosos com quem nos rodeia? Quando era mais pequena vivia esta época em pleno extâse pois não me apercebia da triste realidade que acaba por envolver o Natal. Agora crescida, olho ao meu redor e só vejo a prevalência dos bens materiais sobre os sentimentos. O verdadeiro espirito natalicio não deveria ser antes, o estendermos a nossa mão a quem realmente precisa, acarinhar uma pessoa doente? Nesta época tudo esquece. Tudo querem esquecer. Mas eu não consigo ficar indeferente. Serei diferente? Talvez. Talvez sinta as coisas de forma demasiado exagerada, mas não consigo passar por esta época sem sentir um misto de culpa pois poderia ter tornado a vida de alguém bem melhor. Ainda ontem via uma reportagem de crianças internadas em hospitais que por esta altura recebem presentes das grandes estações televisivas. E senti uma revolta dentro de mim... onde estão essas televisões, e actores, cantores durante o resto do ano? Só nesta altura se lembram das crianças que por esse mundo fora sofrem? É por isso que digo, o Natal perdeu o seu encanto e tornou-se em algo hipócrita. Desculpem o desabafo. Mas precisava "botar cá para fora" a revolta que sinto cá dentro. bela

No comments: