Pages

Tuesday, February 3, 2009

Vida


"Meu coração vai batendo devagar como uma borboleta suja sobre este jardim de trapos esgarçados em cujas malhas se prendem e se perdem os restos coloridos da vida que leva. Vida? Buenas, seja lá o que for isto que temos.”

Caio Fernando Abreu

2 comments:

poetriz said...

Vida, eu chamo de vida, esse bater de asas de borboletas...

Bjs!

Maria Fernanda said...

Caio F. é tudo!