Pages

Thursday, March 12, 2009

Asas de uma borboleta...


No misterio do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.


"às vezes só queria ser uma borboleta para sair por aí voando sem destino.." Bela

..

3 comments:

Daniel said...

E quem diz que não podes ser? ;)

Poetic GIRL - BELA said...

Olha o meu miguito veio visitar meu blog... obrigada pela visita, passa cá mais vezes ;)

Monique Frebell said...

Voar uma das artes magníficas de ser livre... e isso pode ser feito mesmo sem ter asas... permita-se!

Bju!