Pages

Wednesday, March 25, 2009

Pétalas de rosa


Motivo da rosa


Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.


Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.


Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.


E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.

Cecília Meireles

2 comments:

PALAVRAS AO VENTO said...

Que delicadeza sua postar um poema tão belo da Cecília.
Lindo, pareço ver pétalas desfolhando e deixando seu cheiro agradavel no ar.

Abraços

Poetic GIRL - BELA said...

Eu adoro a Cecília, suas palavras sempre me deixam seduzida. beijinhos