Pages

Tuesday, April 14, 2009

Com a barriguinha cheia... de bons filmes

"A melhor parte das festividades religiosas é sem dúvida estes feriados que vêm a calhar antes de começarmos a gozar as nossas merecidas férias.... estes dias aproveitei para colocar minha leitura em dia, passear com a minha mummy, passar o tempo em familia mesmo. E claro aproveitei para ver uns filmezitos... e era disso mesmo que vos queria falar. Inicialmente só ia fazer um post sobre um deles, mas gostei tanto dos dois que não me consigo decidir de qual dos dois gostei mais. Ambos nos deixam com uma sensação tão boa, de esperança de querermos lutar pelos nossos sonhos até ao fim. Um quê de mistério, á mistura claro não podia deixar de ser com sentimentos como a amizade e o amor que são tão importantes na nossa vida.... gosto de filmes assim. Filmes que nos fazem ficar ali absorvidos, que nos fazem vibrar, que nos fazem ficar com a pele arrepiada... filmes que até nos fazem verter uma lágrima de tanta emoção contida... filmes que nos fazem ficar com vontade de também mudar nossa vida... é assim que me sinto hoje, com uma alegria em mim sem motivo aparente, apenas com uma sensação de esperança dentro de mim, ah e como sabe tão bem.... bela"





Le fabuleux destin d'Amélie Poulain


Sinopse

O filme conta a história de Amélie, uma menina que cresceu isolada das outras crianças. Isso porque seu pai achava que Amélie possuia uma anomalia no coração, já que este batia muito rápido durante os exames mensais que o pai fazia na menina. Na verdade, Amélie ficava nervosa com este raro contato físico com o pai. Por isso, e somente por isso, seu coração batia mais rápido que o normal. Seus pais, então, privaram Amélie de freqüentar escola e ter contato com outras crianças. Sua mãe, que era professora, foi quem a alfabetizou até falecer quando Amélie ainda era menina. Sua infância solitária e a morte prematura de sua mãe influenciaram fortemente o desenvolvimento de Amélie e a forma como ela se relacionava com as pessoas e com o mundo depois de adulta.

Após sua maioridade, mudou-se do subúrbio para o bairro parisiense de Montmartre onde começou a trabalhar como garçonete. Certo dia, encontra no banheiro de seu apartamento uma caixinha com brinquedos e figurinhas pertencentes ao antigo morador do apartamento. Decide procurá-lo e entregar o pertence ao seu dono, Dominique, anonimamente. Ao notar que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e remodela sua visão do mundo.

A partir de então, Amélie se engaja na realização de pequenos gestos a fim de ajudar e tornar mais felizes as pessoas ao seu redor. Ela ganha aí um novo sentido para sua existência. Em uma destas pequenas grandes ações ela encontra um homem por quem se apaixona à primeira vista. E então seu destino muda para sempre...





Whatever Lola Wants (2007)


Sinopse (made by me)

Uma jovem funcionária dos correios tem uma paixão pela dança. Após muitas audições e aulas de danças seu sonho parece cada vez mais longe de se concretizar. Entretanto conhece o homem da sua vida, onde vive três semanas de paixão até ele ir embora para o Cairo. Ela segue-o. Rejeitada por ele começa a frequentar aulas de dança do Ventre com uma professora que vive em reclusão e se mostra reticente em ensiná-la.... o resto não conto, vejam que vale a pena.... até chorei...

5 comments:

Sofia said...

eu também pratiquei esse desporto nestas mini férias ;)

Puzz said...

o primeiro adoro!! um dos meus favoritos!

o segundo fiquei muito curioso... vou procurar ver brevemente!

diz q disse said...

Também vi o Le fabuleux destin d'Amélie Poulain, mas já foi à muito tempo....
Gostei, é um filme bom de facto, a sensação de esperança dentro de ti é bom, mas melhor ainda é q ela continue bem presente no teu interior :)
O Whatever Lola Wants nunca vi, mas vindo de ti é concerteza um bom conselho ;)

Bjs

P.S. Nunca deixes morrer a esperança....

Prix said...

Aaah Amélie Poulain é encantadora, adoro o filme!
E obrigada pela dica, vou ver "Whatever Lola Wants" no próximo fim de semana.

Até!
=]

Marta said...

Da próxima vez que vir AMELIE, será a sétima vez :)

Tão bom!

beijo, bela Bela :)