Pages

Friday, May 29, 2009

Olhar para o passado


Quando olho para o meu passado, encontro uma mulher bem parecida comigo - por acaso, eu mesma - porém essa mulher sabia menos, conhecia menos lugares, menos emoções.

Martha Medeiros

"O tempo vai passando, o nosso EU vai mudando, se adaptando ás realidades que nos rodeiam, sem que perca a sua verdadeira essência. Posso agora ser mais madura, mais experiente, embora haja momentos que toda esta maturidade, esta experiência de vida de nada me vale, quando só me apetece é tal e qual criança mostrar meus sentimentos, meus medos livremente. Criança é feliz, é feliz porque não é julgada pelo que faz. Nós somos. Nós adultos temos como pré-concebido um sem número de comportamentos que é suposto termos. Não gosto disso. Quero ser me permitido ser adulta quando tiver que ser, quero ser me permitido mostrar o meu lado criança. Claro que o ser adulto nos traz uma quantidade de sentimentos novos, que em crianças não estão tão desenvolvidos. Ser adulto para mim é encarar a vida com mais responsabilidade, sabendo que meus actos podem interferir não apenas na minha vida, mas na vida dos outros também. É desenvolver uma maturidade que nos enxergar as coisas com lucidez, interiorizar o que nos vai na alma. Ser adulto é rir, é sonhar, correr, dançar... Ser adulto é bom, gosto de mim como adulta, acho que me tornei o tipo de adulta que sempre quis ser, mas a minha menininha cá dentro, está cá dentro. E ela sonha, oh como sonha, ela se entrega, ela brinca, ela sorri, ela ri... pois a vida é feita de emoções e eu adoro emoções fortes. Bela"

4 comments:

S . said...

E podemos ser adultos, guardando sempre aquelas emoções de criança (:

*

Moni said...

crescemos, amadurecemos, mas algumas coisas não mudam nunca! beijos

diz q disse said...

Todos nós temos os dois aspectos cá dentro, o ser adulto e responsável e o ser criança, descomprometido, feliz, livre, inocente e sonhador.....
Uns têm a felicidade de conseguir exteriorizar e assumir a sua faceta de criança e outros não.
Na minha opinião o mundo era bem mais feliz e sincero apenas com acções de crianças praticadas pelos adultos.....


Bjs

P.S. Eu tento expor a minha faceta de criança e tento tirar proveito da alegria de poder "ser criança" de vez em quando.... :)

poetriz said...

Todo dia nos tranformamos.
A que dorme, nunca é a mesma que acorda.
Por isso, há de se viver com prazer todos os dias. Pra não se perder nada da vida...

Bjs!