Pages

Sunday, June 14, 2009

Nostalgia


Definição segundo a Wikipédia:

Nostalgia descreve uma sensação de saudades de um tempo vivido, frequentemente idealizado e irreal.

Nostalgia é um sentimento que surge apartir da sensação de não poder mais reviver certos momentos da vida.

O interessante sobre a nostalgia é que ela aumenta ao entrar em contato com sua causa e nao diminui como o sentimento da saudade. Exemplo: se alguém sente saudades ou falta de um conhecido, este sentimento cessa ao se reencontrar a pessoa, com a nostalgia é exatamente o oposto, ao reencontrar um amigo que gostava de brincar, este sentimento nostálgico irá se alimentar e não diminuir como a saudade.



Nostalgia do reencontro. Desde que te reencontrei tenho me sentido assim nostálgica. Nossa amizade para mim sempre ficou guardada num cantinho especial do meu coração. Foste aquele amigo que me marcou, cujo sorriso sempre franco e sincero nunca esqueci. Nossa cumplicidade sempre foi grande, nunca precisava falar para que me compreendesses. A vida se encarregou de nos separar, mas não a podemos culpar pois nada fizemos para o evitar. Claro que cada um seguiu a sua vida, mas a sensação que tenho quando te vi, quando esboças-te esse teu sorriso franco, envolvente foi como se nunca nos tivessemos afastado. Porque deixamos que acabasse? Sinto que aquela sintonia, aquele bem estar que até hoje não senti com mais ninguém ainda lá estava. Prometes-te que me ligavas. Espero ansiosa que o telefone toque. Irei. Irei de coração aberto, tenho que ter a certeza que o sentimento, a amizade ainda lá está, sempre esteve... pergunto me se terá sido apenas amizade?

Um sentimento que sobrevive a tantos anos de separação, de desencontros, de encontros fugazes no meio de multidões... da sensação de que sempre que me vens ao pensamento acabamo-nos encontrando? Se não me procurares, deverei eu te procurar? Deveremos remexer o passado? Ou deixá-lo lá onde não nos aquieta e nos faz levantar questões que de outra forma não nos atormentariam? Só gostaria de saber se o reencontro para ti teve tanto significado como para mim. Sei que ano passado, cega pelas companhias que na altura me pareciam prioritárias, acabei te relevando para segundo plano, não sei se me irás dar outra oportunidade. Se não deres, certamente que te compreendo. Mas esquecer-te não consigo... foste e és demasiado importante. Que recordações terás minhas? Bela

4 comments:

Blog do Óbvio said...

Bela, muito bonito e bastante real o que você postou. Esse sentimento só se alimenta de nossas lembranças, mas é gostoso e esperançoso. Beijinhos nostálgicos. Manoel Eduardo - Brasil.

diz q disse said...

Hehe
Em código???!!!!
Cheguei lá e não foi difícil :p

Um telefonema e uma conversa a dois para esclarecer o q está por esclarecer, não? Tirares as tuas dúvidas e as dele.....
Acho na minha opinião q seria o mais indicado, sei q o afastemento nem sempre torna estas coisas fáceis, mas deve-se sempre tentar.... Pelo menos não deves viver na dúvida, eu acho.....
Se não houver lugar para mais oportunidades então aí sim, está tudo esclarecido e deves seguir em frente sem essa dúvida e esse "peso".
Pois a vida tem muito mais para dar do q uma relação, por muito importante q ela seja, ou tenha sido e sabes q também sei do q falo :), se é q me entendes......

Bjs

saia justa said...

lindo e profundo como todos os sentimentos nostalgicos que nos abraçam .....

Wellen said...

adorei a foto :)
(desculpa assim a invasão ;)