Pages

Monday, August 24, 2009

Um livro por semana - Night Train to Lisbon


NIGHT TRAIN TO LISBON, Pascal Mercier
Comboio Nocturno para Lisboa


"Este é o livro que todos os portugueses deviam ler. Uma verdadeira homenagem a Portugal, a Lisboa, á musicalidade da nossa língua. É um livro marcante, com descrições fantásticas de Lisboa, personagens portuguesas... para quem como eu ler a obra em inglês denota melhor o contraste do livro ser escrito em Inglês (no caso do autor em alemão) e as palavras em português. Um contraste de duas linguas que se cruzam no meio da história. A história em si retrata a busca de um professor de Berne que parte numa aventura após ter descoberto um livro de um autor português numa livraria. A sua determinação em descobrir o destino do autor do livro vai levá-lo pelo nosso Portugal, principalmente pela cidade de Lisboa. Um livro enigmático, cheio de frases que nos tocam bem no fundo da alma, que nos fazem questionar a razão de viver...Uma verdadeira obra prima...Bela"

"AS SOMBRAS DA ALMA. THE SHADOWS OF THE SOUL. The stories others tell about you and the stories you tell about yourself: which come closer to the truth? Is it so clear that they are your own? Is one an authority on oneself? But that isn't the question that concerns me. The real question is: In such stories, is there really a difference between true and false? In stories about the outside, surely. But when we set out to understand someone on the inside? Is that a trip that ever comes to an end? Is the soul a place of facts? Or are the alleged facts only the deceptive shadows of our stories?"
Pascal Mercier (Night Train to Lisbon)

"Gregorius was never to forget this scene. They were his first Portuguese words in the real world and they worked. That words could cause somethinge in the world, make someone move or stop, laugh or cry: even as a child he had found it enigmatic and it had never stopped impressing him. How did words do that? Wasn't it like magic?But at this moment, the mystery seemed greater than usual, for these were words he hadn't even known yesterday morning."
Pascal Mercier (Night Train to Lisbon)



4 comments:

Liana Andra Marques said...

Se um livro fala só de Lisboa, referindo-se a todo Portugal já nem lhe toco. Sem querer ferir as sensibilidades dos lisboetas de gema, tenho sempre em mente, e ainda mais no coração, que Portugal é muito mais as terras e as aldeias, do que a metrópole lisboeta. Não que não devam ter orgulho em Lisboa os lisboetas. Devem, pois. Mas é o mesmo dever que qualquer português tem de amar a sua terra, a sua cidade. De resto, Portugal é norte, centro e sul. É o Douro Vinhateiro, é o Minho, é o Porto e a terrinha do interior, é Coimbra, é a Nazaré, é todo o Alentejo e Algarve, é tudo, tudo tudo. E Lisboa dissolve-se com a mesma importância que tem outra aldeia. E outra aldeia tem a mesma importância que a capital.

Poetic GIRL - BELA said...

Liana, Este livro realmente fala um pouco sobre Lisboa, mas a sua verdadeira essência é as referências históricas e o facto de as expressões portuguesas se misturarem no meio da lingua original. É um elogio á nossa lingua, á nossa musicalidade... e isto vindo de um escritor que não é português é algo de muito dignificante para o nosso país...beijinhos

Carla said...

Estou com imensa vontade de ler esse livro, já tive com ele diversas vezes na mão na fnac, mas em tempo de crise, ainda não o comprei.

Espero que brevemente =)

Poetic GIRL - BELA said...

Carla, pois a edição portuguesa é um bocado cara (ainda estes dias comprei um exemplar para oferecer a um amigo). Eu por acaso li na versão inglesa, sempre fica mais em conta, mas claro é sempre dinheiro que se gasta... beijinhos