Pages

Wednesday, September 9, 2009

O medo

O medo sempre me guiou para o que eu quero. E porque eu quero, temo. Muitas vezes foi o medo que me tomou pela mão e me levou. O medo me leva ao perigo. E tudo o que eu amo é arriscado.
 
Clarice Lispector

7 comments:

Poupinhas said...

Medo?? Sempre ouvi dizer que o medo faz as pessoas pararem no tempo e que não se deve ter medo do medo..
KissKiss

diz q disse said...

O medo faz-nos parar na evolução da vida....
Através do medo deixamos de poder lutar por aquilo q queremos e simplesmente nunca o conseguiremos alcançar....
Seremos sempre um corpo de incertezas e nunca saberemos o q poderia ter sido a nossa vida se tivessemos arriscado, umas vezes teriamos errado mas na maioria das vezes teriamos saido vencedores com toda a certeza, até porque a vida tem mais valor quando preenchida de experiencias, sejam elas boas ou más...

Beijo sem medo :p

Anonymous said...

Eu acho que é perfeitamente normal o que estas a dizer, quanto mais queremos mais medo temos. Porque temos medo de nunca alcançarmos o que queremos, porque é tão importante para nós e por isso temos medo de não fazermos as coisas como deve ser.
Porque são as mudanças que nos acontecem, que nos fazem perder o chão, que nos fazem ter medo, que nos fazem homens e mulheres para a vida.

Beijinhos

Pedro Ferreira.

Brown Eyes said...

Não subscrevo essa frase que até penso ter contradições. O que me guia para o que eu quero é a vontade, quando tenho vontade nada temo. O medo não me leva, afasta-me. O medo afasta-me do perigo. Logo que ame algo deixa de ser arriscado, eu só amo o que me faz feliz,o que é bom para mim, aliás como todos devíamos fazer. Não posso amar o risco significaria não me amar a mim.

Miguel said...

É um pensamento interessante.

Normalmente pensa-se o contrário... O que faz mais sentido, acho eu. E acontece mais vezes.

Beijinhos

lilipat2008 said...

Se soubermos enfrentar o medo, ele consegue trazer-nos muitas coisas que nunca conseguiríamos sem ele...:)

bjitos

Sofia said...

Anúncio:

Os Desabafos da Sofia mudaram-se para aqui:

http://alguma-incontinencia-verbal.blogspot.com/

beijinhos e abraçinhos