Pages

Wednesday, October 7, 2009

Facebook

"Aderi ao facebook. Ao inicio por mera curiosidade, depois motivada pelos convites que ia recebendo de pessoas que me conhecem. É mais um, não muito diferente do Hi5... hoje ao explorar um pouco mais as caracteristicas do site, resolvi fazer um dos quizzs que eles sugerem. Fiz o quizz "QUE TIPO DE PESSOA ÉS?". Fiquei um bocado surpresa com o resultado, pois o que deu foi realmente uma descrição bastante fiel da minha maneira de ser... passo a transcrever....


"És uma pessoa com uma alma bela. Cuidas de tudo e todos, inclusivé do passarinho de asa ferida que encontraste na rua há uns dias atrás. Não és capaz de dizer que não a ninguém e preferes sofrer a ver alguém sofrer. Nem sempre isso é bom, mas sem dúvida que és uma pessoa fantástica. Pensa um bocado mais em ti."

Realmente eu sou assim, penso sempre nos outros primeiro do que em mim. Por mais que tente não consigo mudar isso em mim, nem sempre é bom ser-se assim, acabamos sempre sofrendo as dores dos outros e relevando as nossas próprias dores para segundo plano. Mas como há caracteristicas nossas que nunca poderemos mudar, considero que esta será sem dúvida uma que me acompanhará toda a vida. Mas prefiro ser assim, a ser alguém insensível ou má. Isso é que não suportaria ser.... Bela"

8 comments:

gisha said...

Exactamente tu! :)***

Gingerbread Girl said...

Eu já fui assim... até há pouco tempo atrás. A vida mudou-me.

Beijo*

Brown Eyes said...

Bela pensar nos outros primeiro depois em ti, não é mau, é péssimo. Não deixarás de ser uma pessoa se antes de pensares nos outros pensares em ti. Lembra-te que se não fores tu a pensar em ti dificilmente alguém o fará. Isso é tudo muito bonito até um dia, um dia em que tu pares e faças um resumo da tua vida e só espero que não concluas que foste utilizada para alguém conseguir os objectivos que tinha e depois, depois simplesmente te esqueceu. Mudarás, já muitos mudaram e eu fui uma delas e digo-te que essa minha maneira de ser em nada me ajudou. Hoje continuo a fazer o que posso pelos outros mas não ponho nunca a minha cabeça no cepo por alguém, ai não ponho mesmo. Confiar mais nos outros que em nós, é o que acabamos por fazer quando pomos os outros em 1º. lugar, pode chegar a destruir a tua vida. Pensa bem.Nós não podemos ser de extremos, temos que lutar contra isso, é no meio que está a virtude e, todos nós, temos momentos para sermos insensíveis, maus, bons e sensíveis. Só assim poderemos ter uma vida sã.

Carla said...

Também aderi ao facebook à uns tempos, alias antes de vir para Madrid, a verdade é que só o fiz porque o meu namorado não parava de insistir comigo, o que é certo é que agora vou lá todos os dias e principalmente nesta altura que estou a viver é realmente uma boa companhia e uma boa forma de ter noticias bem fresquinhas =)

Os quizes, são poucos os que faço mas por vezes lá sai uma acertada. Pelo resultado só digo que se assim o és ainda bem =) Apesar dos muitos sofrimentos pelos quais já possas ter passado por causa disso, acredito que sentir que vais continuar a ser assim é um sentimento muito melhor.

Besos*

Poupinhas said...

Acho que todos queríamos ser exactamente assim ;)
KissKiss Bela

Libelinha said...

Bela... Eu estou de acordo aqui com a Brown Eyes!... Não te ponhas á frente dos outros!...

Beijinhos ;p

Anonymous said...

Olá Bela, essa descrição poderia perfeitamente ter calhado a mim, com pequenas diferenças. Eu realizo-me a mim próprio pondo-me ao serviço dos outros, dói-me o sofrimento dos outros e aquece-me por dentro quando posso melhorar a vida destes. Uma coisa que aprendi muito recentemente, é que só podemos fazer os outros felizes, se nós tivermos felizes e bem com nós próprios. Caso contrário serás sempre metade do que poderias dar. Por isso é importante pensar em ti ou seja nos teus objectivos pessoais, profissionais, sociais, sempre tentando ser melhor cada dia para que tu sejas feliz e faças os que te rodeiam felizes.
Sempre que veres o passarinho com a asa ferida, se poderes leva-lo para casa e tratar dele, nunca lhe vires a costa, mas não voltes a ajudar esse passarinho, se quando ele ficar bom, não vier cantar à tua janela, como sinal de agradecimento. Porque tudo é feito de equilíbrios, e para isso se tu das o outro também da, pode não ser da mesma maneira mas o que importante é quando precisares dessa pessoa esteja lá. Porque caso contrário vás-te sentir triste e revoltada. São pessoas como tu que me fazem acreditar num futuro mais risonho. Desejo que continues assim, mas tem cuidado com os passarinhos que não vem cantar à tua janela e não hesites em fazer as coisas que te fazem feliz para poder depois fazer feliz os outros.

Beijinhos

Pedro Ferreira

Poetic GIRL - BELA said...

Pedro

Fiquei sensibilizada com o que tu disseste. Sábias palavras. Deixa me que te diga que escreves bem, expressas-te de uma forma que gosto. tens sido uma visita constante neste cantinho e fico feliz que encontres sempre aqui algumas palavras que te toquem também... bjs