Pages

Tuesday, November 10, 2009

Sábias Palavras

Cartaz que circula este mês nos Transportes Urbanos de Braga

Retirado daqui: http://joaonegreiros.blogspot.com

6 comments:

pepita chocolate said...

Tenho pena que hoje em dia, as pessoas já não saibam o significado do verbo falar. Já não sabem comunicar. podem trocar palavras, mas isso é realmente falar?

Acho que temos de reaprender a falar uns com os outros, ou o mundo acaba mudo!

Beijoca!

Girl in the Clouds said...

Gostei muito do post! Kiss

the bloom girl said...

Sabias palavras, mesmo.

Brown Eyes said...

Falar é importante Bela mas ouvir é muito mais. Que interessa estares a falar para quem não te ouve? Pois, isto é o que acontece mais, não se ouve ninguém. Tocar? Depende do tocar, claro, mas quanto a mim o ouvir é o mais importante. Se quiseres ouvir o outro nem precisa de falar. Há sempre expressões, movimentos que nos demonstram o que o outro sente. Beijos

Libelinha said...

Falar é importante mas... Se não há quem nos ouça... De nada vale!...

Beijinhos ;P

Anonymous said...

Olá Bela, falar importante sem dúvida e a sensação que tenho é que as pessoas têm cada vez mais vergonha de falar e medo de se exporem. Concordo com as opiniões em cima de que ouvir também é importante, não sei se mais importante do que falar já que as duas de certa forma se complementam, mas sem duvida se não estivermos atentos a ouvir o que o outro está a falar, não vamos compreender o que ele nos quer transmitir e vamos responder desadequadamente. Acho que falar por si só em muitas situações não chega é preciso dar o passo a seguir e agir. Demonstrar que realmente podemos fazer o que falamos, demonstrar que amamos as pessoas que fazem parte da nossa vida não só por palavras mas também por acções, é igualmente importante, entre outras situações.
A Brown Eyes disse que "Há sempre expressões, movimentos que nos demonstram o que o outro sente", na maioria das vezes isso é verdade mas pode-se cair no risco de que a interpretação que o outro faça não seja aquela que tu queres que ele tenha e mesmo que a interpretação seja a correcta ele pode não perceber a razão disso, ou então simplesmente nem deu por isso.
Em alguns desses casos, acho que é importante falar-se e não ficar pelos gestos ou movimentos.


Beijinhos

Pedro Ferreira.