Pages

Monday, December 21, 2009

Desabafo

"Há por aí muita gente que não tem mão nos filhos. Depois da cena que assisti hoje acredito que mais nada me irá supreender na relação entre pais e filhos. Fico triste que assim seja, não cresci assim, não fui educada assim. Incrível a forma como as crianças hoje em dia manipulam os pais a seu belo prazer. Chegar a parecer ridículo aos olhos dos outros. Estes pequenos seres que até aqui necessitavam de protecção dos pais, a dada altura, são os pais que precisam de protecção deles. E acreditem não é um espetáculo nada digno de se ver, um Pai/Mãe literalmente ser controlado por estes pequenos seres. Revolta me assistir a estas cenas, a sério que sim. Mexem comigo. Bela"

19 comments:

the bloom girl said...

Olá Bela.

Concordo plenamente contigo, mas os únicos culpados disso são os próprios pais. Como sou educadora tenho visto tantas e tantas coisas destas. E quando por alguma razão temos que informar os pais do comportamento das suas crias, sabes o que temos que ouvir? Que não temos paciência. Em vez de recriminarem o comportamento do filho, não, ainda ficam do lado deles.
Isto é em tudo diferente da educação que tive, se algum dia fizessem queixa de mim aos meus pais, eu já sabia que o que me esperava era um castigo daqueles. Como os meus pais sempre me disseram "eu não me importo ser chamado à escola por más notas, mas ai de ti que algum dia seja por má educação." Eu nunca me atrevi a desrespeitar quem quer que fosse e muito menos os meus pais.

Mas na minha opinião, isto também tem a ver com a falta de disponibilidade e tempo para estarem com as crianças. E depois para os compensar deixam-nas fazer tudo.

Assim como, agora há essa mania dos pais não querem ser pais, mas sim amigos dos filhos. Como dizia uma professora de psicologia que tive na faculdade, "um pai não tem que ser amigo de um filho, tem apenas que ser pai. É essa a sua função."

beijinho e desculpa por me ter alongado.

Poetic GIRL - BELA said...

Bloom Girl, não precisas de pedir desculpa, este lugar é mesmo para isso para a troca de opiniões. Como compreendo o que dizes, a minha mãe foi ama durante 20 anos, ou seja, eu sei bem o que é criar uma criança desde o colo até à idade de irem para o ciclo. Muitos meninos conheci, muitos pais conheci. E acredita que estes ultimos que a minha mãe teve foram sem duvida os "piores" em termos de comportamentos porque não tinham regras nem exemplos a seguir em casa. Este tema é polémico, toca em muitas feridas. Quem sou eu para falar se nem sequer sou mãe? Não sou, mas também te digo jamais me sujeitaria a ser controlada por um filho. E afirmo-o com convicção, porque há limites que nunca devem ser ultrapassados. Obrigada pela tua opinião... beijinhos

Branca de Neve said...

Sabes Bela

Esses comportmentos que assistimos hoje são o fruto do degradar do conceito de família tradicional. Cada vez mais temos famílias mistas em que os filhos o são apenas de um dos conjuges. Por isso cada vez mais será habitual por um dos adultos não conseguir exercer poder paternal, ou seja, ser pai mesmo.

BJ

Branca de Neve said...
This comment has been removed by the author.
Branca de Neve said...

Sabes Bela

Esses comportmentos que assistimos hoje são o fruto do degradar do conceito de família tradicional. Cada vez mais temos famílias mistas em que os filhos o são apenas de um dos conjuges. Por isso cada vez mais será habitual por um dos adultos não conseguir exercer poder paternal, ou seja, ser pai mesmo.

BJ

Menos said...

O trabalho diário com jovens e crianças vai-me presenteando com cenas dessas. A generalidade dos pais de hoje não tem disponibilidade para sê-lo e cedem a manipulações como forma de aliviar a consciência. Uma realidade pouco feliz. **

Ana said...

"Mas na minha opinião, isto também tem a ver com a falta de disponibilidade e tempo para estarem com as crianças. E depois para os compensar deixam-nas fazer tudo."
o que importa é a qualidade do tempo que passamos com eles e nao a quantidade. a minha mãe sempre trabalhou imenso, pouco tempo passava comigo e com o meu irmão, no entanto educação nunca nos faltou.


"Esses comportmentos que assistimos hoje são o fruto do degradar do conceito de família tradicional. Cada vez mais temos famílias mistas em que os filhos o são apenas de um dos conjuges. Por isso cada vez mais será habitual por um dos adultos não conseguir exercer poder paternal, ou seja, ser pai mesmo."
desculpa mas este comentário é completamente despropositado. aqui não está em questão a família "tradicional", ou que alguns consideram a mais correcta. ah e tal, está sozinha/o não tem mão nos filhos.
isso é falso. a minha sogra criou o filho sozinha, há 28 anos atrás, sem ninguém e deu-lhe uma educação exemplar. não foi por ter ou não pai, ter ou não uma família "tradicional" (mas o que raio é uma família tradicional) que o transformou em alguém sem educação.

aqui a explicação é simples. os pais que não sabem ser educadores, não sabem impor limites às crianças e esquecem-se que antes de serem amigos têm de ser pais dos seus filhos. mas os pais de hoje em dia compram os filhos com tudo o que é material. porque educar dá trabalho, cansa muito e há quem não queira simplesmente ter esse trabalho.

Brown Eyes said...

Bela esse problema engloba muita coisa mas, quanto a mim, o principal é as mães não ficarem em casa a tomar conta e a educar os filhos. Quando os metem nas creches ou escolas ficam à mercê da educação dos outros miúdos. Muitas vezes tu educas em casa e na escola são deseducados. Como há país que não têm paciência e compram os filhos com prendinhas ou comida barata os outros, aqueles que são educados e para quem se arranja sempre tempo, aqueles cujos pais vêem mais que o presente, acabam por sofrer as más influências destes. Quantas vezes dizem: Tu não dás mas o João tem, etc… Os pais têm que se habituar a prever o futuro e uma criança não é amada porque tem tudo o que quer, aliás acho que é o contrário. O amor engloba mais que o material. É mais fácil dizer sim que não e, nesta sociedade, escolhe-se o mais fácil e não se pensa nas consequências. Essa história de não contrariar os meninos dá em cenas como a que viste. Mais tarde, já não dá para emendar os erros de educação. Se até os que tiveram uma boa educação às vezes dão problemas quanto mais.

Olhos Dourados said...

Podes crer. Ultimamente tenho visto muitas tristezas dessas.

Mibela said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Poetic GIRL - BELA said...

Menos: sim penso que a falta de disponibilidade pode ser uma causa, se bem que no meu caso os meus pais também sempre trabalharam e muito. Não havia tanta disponibilidade assim, mas sempre que era preciso estavam lá, para puxar as orelhas se necessário fosse... bjs

Poetic GIRL - BELA said...

Branca de neve, sabes não posso inteiramente concordar contigo, a minha mãe criou-nos a mim e à minha irmã sózinha após a morte do meu pai. Ou seja tornou-se uma familia das ditas mono parentais, por isso não me parece que seja desculpa para permitirem o mau comportamento dos filhos. Há crianças criadas apenas por um dos progenitores que têm melhor comportamento que os que têm ambos os pais... bj

Poetic GIRL - BELA said...

Ana eu já conhecia a tua opinião em relação a este assunto. Pelo pouco que conheço de ti sei que és daquelas "mães" que procuram ensinar á D tudo o que é de valor nesta vida. Admiro-te. Hoje em dia deve ser muito complicado manter uma educação dessas quando ao nosso redor as coisas são tão fáceis para os outros miudos. Mas acredita que isto vai fazer diferença quando a D fôr crescida, porque essas coisas já crescem dentro dela... beijinhos querida

Poetic GIRL - BELA said...

Brown eyes, é a sociedade é terrível nesse aspecto. Sei bem que mesmo as crianças criadas com "mais pulso" passam por momentos de revolta quando vêm que os outros miudos possuem coisas que eles nao têm. É triste. Mas acho que devemos educar as crianças a incutir lhes que a felicidade não está nos bens materiais. É que um dia podes não ter possibilidade de lhes dar o que eles estavam habituados e depois acredita custa muito mais. Infelizmente assisti muitas vezes a minha mãe a deixar de comer para nós comermos... e não foi algo bonito de se ver. A vida dá muitas voltas... bjs

Poetic GIRL - BELA said...

Olhos dourados, ´infelizmente é mesmo assim... bj

Libelinha said...

Discordo de certos comentários por aqui!... Não penso que seja por falta de "uma familia tradicional", nem mesmo por as mães agora não terem oportunidade de ficar em casa a tratar dos filhos!... A escola/creche também não deseduca...
A falta está mesmo na educação que os pais dão!...
A sociedade está cada vez mais consumista e penso que aí está o verdadeiro problema!... Os pais não querem que os filhos se sintam inferiorizados por não terem aquela playstation, ou aquela roupa de marca, etc... Então fazem as vontadinhas aos meninos!... Eles próprios se metem em créditos para terem um carro melhor que o do vizinho!... Depois vivem sobre o stresse de terem de trabalhar árduamente para pagarem os créditos e já nem paciência têm para aturar um pirralho lá em casa!...
É triste mas é a realidade!...
E depois uma sapatada nunca fez mal a ninguém... E depois é feio fazer isso em publico, então não se castiga os meninos mal comportados quando fazem asneiras em publico!... Eles aprendem isso depressa e depois manipulam os pais!...

Esta é a minha visão da "coisas"!... Haveria muito para dizer e cada caso é um caso!... Ainda não sou mãe mas... Já tive que por um filho de uma amiga na linha porque ela não o conseguia fazer!... E não foi por isso que passei a ser má, lol... Quando era hora de brincadeira, rebolávamos no chão... Os dois perdidos em gargalhadas mas quando era para me chatear com ele, lol... Ele respeitáva as minhas palavras e ficava sossegadinho!... Tudo bem que só passava alguns momentos com ele mas penso que seja um bom principio!...

Beijinhos ;P

PS: desculpa o LONGO comentário XD

art.soul said...

ams eu acho que a culpa nunca deve ser atriuída à criança mas sim ao exemplo de educação e respeito que os pais lhes transmitem. espero conseguir ser uma boa mãe... com muito mimo mas também muitos valores.

Brown Eyes said...

Exactamente Bela a vida dá muitas voltas. Conheci casais que não tinham regras para os gastos e claro que as filhas também não. Separaram-se e o Pai, o único a ganhar, deixou de contribuir, imaginas o que aquelas garotas têm passado? Estavam mal habituadas, agora estão revoltadas. Temos que habitua-los a tudo para não estranharem. As pessoas pensam que as coisas são eternas mas não são.
Beijinhos

cantinhodacasa said...

Como professora que sou, elogio-a pelo aqui escrito.
Mão faço mais comentários.
Penso que foi tudo dito.
Beijinho e sinta-se feliz por ter consciência de que foi bem educada pelos seus pais.