Pages

Wednesday, February 24, 2010

Hibernar

"Nestes dias mesmo típicos de Inverno não me importava nada de ser um ursinho ou outro animal qualquer, desde que me fosse permitido hibernar. Não gosto nada deste tempo, tenho medo do vento, não gosto da chuva. Por mim bem podíamos adormecer, acordando só quando o sol nos brindasse com a sua presença. Este tempo enfurecido assusta-me, passo os dias aterrorizada com estas calamidades atmosféricas que nos rodeiam. Hoje ia literalmente sendo empurrada escadas abaixo pelo vento que soprava tão, mas tão forte que quase vooei. Sei que por vezes digo que gostaria de voar livremente, tal qual a minha imaginação voa, mas não era preciso levarem as coisas que eu digo tão a sério. Bela"

8 comments:

Libelinha☆ said...

Eu posso-te dizer que já voei literalmente!... Foi assim com um tempo destes... Com vento mais forte ainda... De guarda-chuva aberto para não apanhar chuva... Veio uma rajada de vento tão forte que me levantou do chão e voei alguns metros!...
Mal cheguei ao chão fiquei tão apavorada que fechei o guarda-chuva e corri para casa!...

Beijinhos ;P

S* said...

É agarrarmo-nos às coisas boas!

Poetic GIRL said...

Libelinha: olha que eu não voei por pouco ontem! bjs

S: É isso que nos faz aguentar mesmo! bjs

Nita said...

Eu tenho estado a hibernar que nem um ursinho e garanto.vos que poder apanhar um ventinho ( ou ventão ) na cara sabe bem :).

Poetic GIRL said...

Nita: Se fôr uma hibernação forçada acredito que realmente a sensação do vento, ou ventão na cara seja mil vezes preferível... bem- vinda... bjs

Girl in the Clouds said...

Eu hibernava, ma para um país quentinho!!

Brown Eyes said...

Estavas a hibernar desde Novembro? Também não gosto do tempo e muito menos do que ocasiona mas, aqui nada podemos fazer, temos que nos conformar.
Beijinhos

Poetic GIRL said...

Girl in the clouds: Ui eu também! bjs

Brown eyes: Eu tenho muito medo destas catástrofes naturais!!!! A sério que tenho... bjs