Pages

Saturday, May 8, 2010

Hoje é apenas isto....


"Porque nos queixámos tanto então?" Bela

27 comments:

Gingerbread Girl said...

Dá que pensar... de facto.

Anne said...

porque somos ingratos, queremos sempre mais que o que temos porque achamos sempre que somos merecedores disso. porque achamos que é um direito adquirido à nascença sem perceber que é uma conquista e uma sorte nascermos num país que nos permite alcançar as condições de vida que temos.
porque somos humanos e os humanos querem sempre mais e mais. depois acaba por perder tudo, ou pelo menos o mais importante...

Maggy said...

lamenta-mo-nos demais mesmo... nunca reparamos o quão bem estamos em relação a muita gente... é triste às vezes sermos tão cegos

Natália Augusto said...

Sim, dá que pensar Bela. Mas o ser humano é exigente e quer sempre mais e compromete-se com muitos encargos económicos. Está em nós fruto da globalização e da especulação dos mercados.

Beijos

Di said...

So true...

Até arrepia

Gabriela... said...

Verdadinha!!
Jinho enorme

Izzie said...

a mais pura das verdades. queixamo-nos por coisinhas sem importância e esquecemos o que de facto é relevante.

Helga said...

Ás vezes precisamos saber que há quem esteja pior, para percebermos o quanto estamos bem... contudo isso não basta. Queremos mais! É um direito nosso.

Excelente post!

Beijinhos :)

Olga said...

Talvez porque ainda não nos tenhamos apercebido da sorte que temos em relação a outras pessoas ou por exemplo a outras gerações que viveram antes de nós. Tens um selo no meu blogue. Beijinhos.

Poetic GIRL said...

Ginger: Também achei o mesmo! bjs

Poetic GIRL said...

Anne: É esta ânsia de se querer sempre mais e mais quando já temos tanto não é? Não quero ser assim, mas também não quero cruzar os braços... bjs

Poetic GIRL said...

Maggy: É ás vezes estamos mesmo cegos... bjs

Poetic GIRL said...

Natália: Vai ser sempre assim não vai? O querer-se mais e mais, desmesuradamente. Quando ás vezes precisamos de tão pouco para sermos felizes... jbjs

Poetic GIRL said...

Di: Também tive essa sensação! bjs

Poetic GIRL said...

Gabriela: Um beijo querida... bjs

Poetic GIRL said...

Izzie: Mas de uma forma ou de outra todos acabamos por fazer isso. bjs

Poetic GIRL said...

Helga: Este querer sempre mais por vezes me assusta.bjs

Poetic GIRL said...

Olga: É isso mesmo as gerações anteriores não tinham metade do que nós temos, mas sabes acho que davam valor a outras coisas que nós estamos a perder... bjs

Helga said...

Bela, deixei um miminho para ti lá no blogue.

Beijinho :)

cantinhodacasa said...

Olá.
Já conhecia esta "mensagem".
Digo-te que tenho de tudo um pouco ... E, felizmente, consigo ler a mensagem.
E digeri-a com muito carinho. Penso muito naqueles que, por esse mundo fora, nada têm.

Beijinho

Anonymous said...

Olá Bela, acho que todas as pessoas deveriam viver com um mínimo de dignidade ou seja com um tecto e comida. Acho que para obter isto, não se deveria depender do dinheiro. A maioria das pessoas pertencentes aos chamados países industrializados, ter um tecto, roupa, comida, televisão, playstation e afins é quase como algo adquirido, por isso nunca sentem muito a falta. Outro bem que não se dá o valor devido é a saúde, muitas vezes com a vida stressada que temos não nos alimentamos como deve ser, não fazemos exercicio porque temos preguiça. Acho bom que as pessoas olhem para ele e reflictam sobre ele.

Beijinhos

Pedro Ferreira.

Poetic GIRL said...

Helga: Obrigada pelo miminho! bjs

Poetic GIRL said...

Cantinho: Ás vezes nem nos damos conta do que falta aos outros não é? beijo

Poetic GIRL said...

Pedro: Por isso coloquei para deixar uma pequena reflexão já que teve o mesmo efeito em mim. bjs

Eli said...

Tinha a sensação que já tinha comentado aqui. Na altura fiquei a pensar que sou uma privilegiada. Lembro-me muitas vezes disso.

:)

Eli said...
This comment has been removed by the author.
Poetic GIRL said...

Eli: De certa somos priveligiados porque dessa lista até acabamos por ter várias coisas não é? bjs