Pages

Saturday, June 26, 2010

A melhor definição de AMOR que li até hoje

"Digam o que disserem, façam o que fizerem, o amor é o amor e o resto é conversa, o coração dispara e atravessa-se num beijo, a paixão é a heroína da vida, a amizade é a água que nos mata a sede. Bombeiros falhados aqueles que apagam o fogo da paixão. Abençoados aqueles que são amados de paixão, nunca lhes faltará água nem carne. Fome é coisa que não saberão o que é. Quando não é carne, nem é peixe, o amor não é, o amor não tem espinhas, nem ossos é trigo limpo farinha amparo, incolor, inodor, indolor, é, sui generis, é todoas elas, as cores, todos eles, os cheiros, todas elas, as dores, sem o saber, e acabou e só o é por inteiro, tem nome, tem olhar, tem pele, tem verdade, não tem freio. O amor é. O amor condicionado por dogmas, por imposições, por falsas pretensões, por falsas promessas, mão é, amor, o amor não é coração, não é razão, é vontade, vontade no sentir, é ouvir e coração e deixá-lo bater, abrir-lhe a porta e deixá-lo correr numa paixão, é voltar a recolhê-lo e deixá-lo aninhar-se no amor calmo, confirmado na alma para além do corpo, é deixá-lo descansar dos sentidos, é o amar e dizer eu amo sem ses, sem medos, dar nome ós bois, dizer amo-te porra, libertá-lo num grito e não dizer amo-te fora de tempo, aguarda aí pelo 2ºtempo que eu depois do intervalo faço um golo no teu coração, Não! O amor não tem tempo, não tem ética, não tem razão, ai del rei que traí, pior, ai del rei que para não trair o outro traí-me a mim e pior enganei o outro fazendo o querer que a minha lealdade, fidelidade no meu amor que já não lhe pertence, na minha alma que já não lhe pertencem, no meu corpo que deseja pertencer a outro, lealdade/fidelidade????qualquer coisa acabada em ade é prova do meu amor, tretas, prova da minha cobardia, do meu medo em deixar bater o coração, medo do desconhecido, medo de abrir a porta e ele fugir disparado e já não nos pertencer...mais...e em nome da lealdade/fidelidade mais fidelidade do que lealdade comete-se a maior atrocidade de todas, calar o coração, corações não se calam, é como dizer a um leão que não pode rugir...não, patetas de vós que escolhem o caminho mais fácil quando o outro mais sinuoso talvez é tão mais em linha recta. "



Este é um dos meus Blogs preferidos, aquele em que a cada post penso que nunca as palavras me pareceram tão minhas sem o serem. Ela escreve com a alma, com o coração, isso não se aprende, sai de dentro de nós.

10 comments:

Eli said...

Ele deve existir... num beco escuro.

ParadoXos said...

outro amor por dentro dele!

sempre...


beijinhos

Petra Pink said...

amei o texto! vou investigar esse bloguinho! beijos

Salteador de Momentos said...

As melhores definições de sentimentos são aquelas com as quais mais nos identificamos. O texto está muito bom, transmite-me a ideia de algo atómico ("O amor é o amor."), mas de uma complexidade extrema para quem o tenta explicar. Carregado de sentimento e emoção.

Maria said...

Olá. Vou espreitar o blog.
Adorei o que li.
Esta frase está linda: "lealdade/fidelidade mais fidelidade do que lealdade comete-se a maior atrocidade de todas, calar o coração, corações não se calam, é como dizer a um leão que não pode rugir..."

Poetic GIRL said...

Eli: Existir existe, mas cada vez creio mais que não é para todos. bjs

Poetic GIRL said...

Paradoxos: Quantos amores haverá assim? bjs

Poetic GIRL said...

Petra: É muito bom o blogue, para mim é paragem obrigatória. bjs

Poetic GIRL said...

Maria: Também foi uma das frases que mais me marcou. bjs

Olga said...

Amor é ...! Não tem palavras que o definam, porque no fundo cada pessoa tem uma forma própria de amar. Beijinhos.