Pages

Thursday, August 5, 2010

O Acaso



 imagem daqui
 
"As pessoas não entram em nossa vida por acaso. Quero crer que existem motivos para uma pessoa ou outra entrarem na nossa vida.Quer seja para o bem, quer seja para o mal. Acredito que quando o destino coloca uma certa pessoa no nosso futuro é porque existe uma razão por trás desse aparecimento. Cada um de nós exerce uma função neste mundo, é nosso papel deixar a nossa contribuição, nossa marca. Nós somos o futuro de alguém. Quer seja da pessoa que amamos, dos nossos filhos, de um amigo. A dado momento da nossa vida somos importantes para alguém. 
Quando ás vezes me revoltava por o destino me colocar uma pessoa no meu caminho para logo a seguir esta me ser retirada, eu zangava-me. Agora mais madura, vejo que, tudo acontece por um motivo. Talvez a gente precise de experimentar estas desilusões para encontrar os verdadeiros motivos por que as pessoas entram em nossa vida. Tenho tido alguns desses encontros. Recentemente até lamentei algumas perdas que tive, agora que olho para trás, vejo que tinha mesmo que conhecer aquelas pessoas para dar mais valor ainda a quem realmente merece. 
Não podemos esperar que as pessoas sejam sempre boas, em dada altura da nossa vida talvez até nós mesmos desempenhamos um papel que acaba por magoar quem menos queremos magoar. Olho á minha volta agora, tenho plena consciência de que quem me rodeia, está ali, porque me completa. Uma parte minha, encaixa-se na outra parte. E então dá-se esta partilha a que por vezes chamámos de amor, por vezes chamámos de amizade. Mas realmente sem más experiências nunca daríamos realmente valor ao que está no nosso percurso de vida." Bela

17 comments:

Vera, a Loira said...

Temos que aprender com as más experiências, é só isso, mas por vezes doem muito.

Natália Augusto said...

Ao longo da nossa viagem, esperemos que seja longa, conhecemos muitas pessoas. Umas tornam-se amigas para a vida. Outras magoam-nos e desiludem-nos mas creio que cruzam os nossos amigos para aprendermos algo. As tais lições de vida mais dolorosas.
Mas o mais importante é centrarmo-nos nos momentos bons. Nos momentos que nos fazem felizes!

Beijinhos

Robin K said...

A melhor maneira de conhecermos algo, é provar o seu oposto.
É um facto que são precisas desilusões para sabermos o que queremos da vida e de nós próprios.


Desculpa. Hoje não estou de muitas palavras.

Beijos

anf said...

Tudo o que dizes é bem verdade,
lê este meu post: http://ondemoraodesejo.blogspot.com/2010/07/vida.html

bjo

Brown Eyes said...

...tinha mesmo que conhecer aquelas pessoas para dar mais valor ainda a quem realmente merece.
Como poderiamos dar valor às coisas boas e simples da vida se não conhecessemos as más? Não dávamos. De tudo que nos acontece na vida, pelo menos, que tiremos ensinamentos. Beijinho grande

Mimi said...

Já uma vez escrevi sobre isso.E a propósito do acaso, voltei recentemente a escrever. Continuo a careditar que cada acontecimento da nossa vida tem uma ou muitas razões para acontecer.
É isso que depois cria os nossos dias futuros, das opções que vamos fazendo, dos acasos que vão acontecendo. A vida parece mesmo um puzzle, com peças a encaixarem por todos os lados.E no fim do puzzle constituído, temos a história da nossa vida para contar, povoado por mil imagens, acontecimentos e pessoas.

Beijoca!

Meio Cheio said...

Temos que dar valor às boas pessoas que aparecem na nossa vida...nem sempre são iguais a nós, nem pensam da mesma maneira, mas há pessoas que realmente acredito que aparecem na nossa vida por um motivo...temos que as agarrar! Erros, todos cometemos, é aprender com eles e seguir em frente...pois se não tivermos baixos na nossa vida, não aprenderemos a dar valor aos altos =)

Beijinho*

pinguim said...

Claro que as coisas boas não acontecem logo à primeira vez; e é muitas vezes com a força de desilusões que construímos um mundo novo e válido.

Patty said...

É uma grande verdade, nós aprendemos com os nossos erros e damos mais valor às pessoas que existem em nossa vida quando temos más experiências.
E acho que elas nos ensinam algumas coisas que vão ser importantes para nós.
Bjocas
Patty

Poetic GIRL said...

Vera: Sim por vezes doem demais, mas depois passam, bjs

Poetic GIRL said...

Natália: Sim é isso, tudo faz parte de nós não é? os bons e os maus momentos, as pessoas boas e as menos boas. bjs

Poetic GIRL said...

Robin: Só assim nos aprendemos a conhecer verdadeiramente, bjs

Poetic GIRL said...

ANF: É isso tudo mesmo! bjs

Poetic GIRL said...

Brown Eyes: Temos que conhecer o lado mau para apreciar o bom não é? beijo

Poetic GIRL said...

Mimi: Às vezes parece que nem tudo é fruto do acaso não é? Everything happens for a reason, bjs

Poetic GIRL said...

Meio Cheio: NO final só as que verdeiramente importam ficam! bjs

Poetic GIRL said...

Pinguim: Sim é verdade, as coisas boas fazem-se esperar! bjs