Pages

Friday, November 12, 2010

Num apeadeiro...


"Uma a uma apanhava as flores jogadas na linha do comboio. Inconsciente do risco, inconsciente dos olhares reprovadores que os trausentes lhe lançavam. Seus cabelos ao vento, a chuva miudinha entranhando-se no seu corpo. Segurava as flores como se segurasse a sua própria vida. Ele fora-se embora, embarcara naquele comboio com destino aos braços alheios, jogara as flores num esgar de raiva calculada. E ela ali ficara, naquele apeadeiro sombrio, as flores na sua mão, símbolo do seu amor perdido... Bela"

9 comments:

Anjo De Cor said...

;) uma históra triste....
Beijinhos e bom fds*

happiness...moreorless said...

=) gostei!

happiness...moreorless said...

=) gostei!

BS of Life said...

Ela devia era oferecer as flores a outro amor, um que não se fosse embora. :)

Brown Eyes said...

Bela lindo, como é habito. Quando vou arranjar tempo para ler os teus contos? Beijinhos

Paula NoGuerra said...

Não chores porque o perdeste, antes sorri porque o tiveste!
Um dia foi teu...não é mais... mas foi, e isso NINGUÉM te tira!

Beijocas doces***

Petra Pink said...

tão romântica esta moça! adorei.

Lala said...

Este canto sempre cheio de tanto romantismo e, ao mesmo tempo de algumas lições de vida escritas nas entrelinhas destes pequenos textos.
Ah como é bom passar por aqui e, mesmo lendo umas estóris/histórias tristes saimos sempre de sorriso esboçado no rosto.
E é por isso que te homenageio, a ti em particular, mas ao Poetic Girl e Poetic Tales também! Por me fazerem recordar... para não esquecer, por me fazerem ir ao passado buscar pedacinhos das minhas histórias e retirar de lá a lição que ainda não tinha tirado.
A panela, lá do outro lado esteve a preparar uma riquíssima sopa... tens lá uma colherzinha para ti;)!

Beijinhos**

Pérola Negra said...

Mais umas palavras carregadas de sentimentos! Como sempre!
(Tinha esta imagem guradada já há algum tempo para uma futuro post, por isso achei muito engraçado quando a vi aqui. Só reforça a ideia de que temos coisas em comum! ;) Vou pô-la também no meu blog, espero que não te importes.)
Beijo grande