Pages

Monday, December 13, 2010

E o Povo gosta...

"O cúmulo do consumismo verifica-se nas inaugurações de espaços apenas com o propósito de servir esta época natalícia. A pressa de se terminarem obras, precipitando-as, procedendo-se à inauguração de edifícios que estão longe de estar prontos deixa-me estupefacta. Engraçado que nessas alturas se passa por cima de todas as normas de segurança e decoro, e pergunto-me onde está a sensatez destes governos que permitem estas aberrações? E o povo? O povo fica contente e feliz. Porque tem um sitio novo por onde passear, mesmo que esteja em risco a sua segurança, mesmo que os lugares por onde passe ainda cheirem a tinta que tresandam, abunde o pó por todo o lado e ainda se ouça como música de fundo as materladas das obras que continuam a decorrer mesmo ao lado. E assim vai este país, e o povo feliz! Bela"

15 comments:

Di said...

Mesmo que estejemos em crise... O Povo gosta sempre...

Beijo e boa semana!

Paula NoGuerra said...

Uma aberração tal coisa, mas o nosso povo vive do consumismo e das aparências por isso... enquanto a mentalidade não mudar essas aberrações vão continuar!
Com imensa pena nossa lindinha!
Bjs doces para ti***

Petra Pink said...

Querem la saber da segurança...
Vive-se do superficial...
Isso que interessa, para encher o olho. Beijo.

Vera said...

Tens toda a razão, parece impossível, mas é bem verdade.

Martini Bianco said...

É uma triste tendência, mas ainda assim vou fazendo boicote.
As pessoas ainda não sabem resistir aos apelos da tv, radio e outras publicidades, são demasiado frágeis e pensam que essa sua fragilidade consumista será para beneficio do próximo. Puro engano.

AVOGI said...
This comment has been removed by the author.
AVOGI said...

é bem verdade essas tuas palavras, somos um bando de hipócritas e no momento de colaborar lá se colabora com um saco de café (do mais barato) e com um saco de arroz e depois apregoa-se aos quatros ventos que se colaborou e se deu e faz caridade e tal e coisa . parece que foi muito, a afinal a caridade faz-se diariamente e nao nas portas do super a dar um saco de arroz para que toda agente veja.
bem estendi-me , mas soltou-me a língua
kis :=(

Fê-blue bird said...

É preciso é o povo andar distraído e entretido!Uma tristeza.

beijinhos

BS of Life said...

As prendas servem para se mostrar o carinho que somos incapazes de expressar por palavras e por abraços... Mas sabe sempre bem. :)
Beijoca e obg pelas palavras.

S* said...

Hummm chama-se a isso querer ganhar a vida :P

pinguim said...

O que o povo gosta é disso e de dinheiro para gastar...nisso!

Brown Eyes said...

E se as coisas correm mal? Ninguém é culpado.
Beijinhos

cantinhodacasa said...

Pois é, um dia vem uma forte chuvada e pode acontecer o que ninguém quer.
E aqueles canteiros horrorosos, que tinham flores, foram-lhes retirada a raiz, tratada a terra e hoje, vias uma grande azáfama de jardineiros a plantarem amores.
Comentei "Isto fica tão caro ao cidadão! Andamos a pagar isto tudo e esta porcaria não tem fundamento algum. Eu até gosto de amores-perfeitos, mas isto é exagero!"
Que nojo!
Ah! O novo L Street todo emproado e o pobre do Santa Cruz a cair, torna-se uma afronta a quem trabalha neste.
Em vez de gastarem dinheiro nos canteiros, podiam dar um ar fresco ao pobre do SC.
O povo gosta e em especial os bracarenses.

Bj

Cor do Sol said...

É como cortarem uma via perto do BragaParque em tempo Natalicio, só me apetece dar com um pau nas costas de quem manda.

caminhante said...

o povo anda adormecido... um dia destes, acordará. esperemos :)