Pages

Friday, February 11, 2011

Nas palavras dos outros me perco...

"na hora de pôr a mesa, éramos cinco:
o meu pai, a minha mãe, as minhas irmãs
e eu. depois, a minha irmã mais velha
casou-se. depois, a minha irmã mais nova
casou-se. depois, o meu pai morreu. hoje,
na hora de pôr a mesa, somos cinco,
menos a minha irmã mais velha que está
na casa dela, menos a minha irmã mais
nova que está na casa dela, menos o meu
pai, menos a minha mãe viúva. cada um
deles é um lugar vazio nesta mesa onde
como sozinho. mas irão estar sempre aqui.
na hora de pôr a mesa, seremos sempre cinco.
enquanto um de nós estiver vivo, seremos
sempre cinco"

José Luis Peixoto

5 comments:

pinguim said...

Vou ler pela primeira vez, um livro seu, o último que publicou...

E. said...

Gosto muito deste Sr. :)

Teresa Carvalho said...

Eu diria que mais do que perder-me nas palavras dos outros, me encontro nelas muitas vezes. Não conheço o autor, mas este excerto é realmente tocante.

Brown Eyes said...

Bela devia ser sempre assim, ninguém devia pretender ocupar o lugar de quem não está mas, tu sabes que há quem o queira ocupar. Beijinhos

Olga said...

Adorei a ideia e seria tão mais fácil de perceber as coisas se as conseguissemos ver desta forma. Mas a ausência trás muitas saudades que felizmente o tempo ajuda a acalmar. Beijinhos.