Pages

Tuesday, March 22, 2011

Peço ao tempo

"Peço ao tempo que me escute, que se multiplique numa sucessão infindável de segundos. Preciso de tempo para viver este tempo que me arrancou dos braços da letargia mas deixou-me à mercê dos segundos que escapam por entre os meus dedos. Peço-lhe que seja gentil, que estenda a sua cortina para eu pé ante pé continuar esta caminhada. " Bel

11 comments:

art.soul said...

O tempo nunca parece andar á nossa velocidade. No entanto é quando nem damos por ele passar que nos sentimos mais vivos. E mesmo assim, queremos ampliar esse tempo. Queremos que nos pertença mas o relógio não pára e há que ter ginastica e perícia para que, no final, nos sintamos donos dos nossos dias.

Beijos

anf said...

Bela,
É sinal de que estás com um bom ritmo,
pode parecer demasiado alto mais no final vai compensar,
bjo e que corra tudo bem,

Eva Gonçalves said...

Parece que estamos na mesma onda, :)I'm back! Check out my party, drinks on me, invitation at my old blog. Missed ya! Kisses

Petra Pink said...

Um beijinho hasde ser compensada sim.

Martini Bianco said...

O tempo será sempre gentil para pesssoas que pensam que pensam assim :)

Bjs

Brown Eyes said...

Bela não conseguiria escrever melhor do que fez a art. Ela explicou muito bem o que é o tempo e o que ele significa. Continuarás a caminhar porque persistência não te falta. Beijinhos

Lala said...

O tempo é sempre nosso aliado... :o)
Bjito!

Gi said...

Peço ao tempo que me dê tempo...

beijo, beijo, beijo

Vera, a Loira said...

Bem... fizeste-me suspirar. Isto está mau. A blogosfera faz-me ficar ainda mais lamechas.

pinguim said...

Não concordo nada com o que diz a Lala; e tenho razões para isso...
Beijinho às duas.

Maria said...

E o tempo dá-te um toque especial para escreveres estas lindas e simples palavras.

Beijinho