Pages

Wednesday, October 19, 2011

Investigadora

Tenho uma alma investigadora. Desde bem pequena sempre me seduziram os mistérios, os desafios. Por vezes imaginava que no futuro seria uma espécie de detective ao género do Poirot. Daí que sempre que na faculdade é-me pedido para debruçar sobre um tema, fico delirante e só tenho vontade de trabalhar nele.
Ando embrenhada numa investigação sobre o papel das mulheres na primeira Guerra Mundial para a cadeira de Literatura Inglesa. Estou seduzida com cada linha que leio, cada pedaço de informação que me chega. Cada vez estou mais certa que sou realmente feliz entre livros, palavras, descoberta de autores.Estes depoimentos, estas histórias muitas duras, cruéis, são o espelho de uma época. Época essa que deixou marcas na humanidade bem mais profundas que as ditas crises que nos rodeiam. Às vezes queixamos-nos, sem sabermos muito bem do quê. Porque acreditem, haverá algo pior do que vivermos em ambiente de guerra ? Vidas ceifadas, interrompidas.... estou ainda no início da leitura, mas creio que escolhi o tema certo para mim.
Por mim vivia sempre assim, nariz enfiado nos livros. Afinal de contas já que tudo o resto mais cedo ou mais tarde acaba por nos falhar, a mim pelo menos espero ainda restar-me a companhia de um bom livro!

4 comments:

Ana said...

Eu sempre gostei mais da Miss Marple :)

Para mim a melhor companhia é sempre um livro pois sendo escolhido por nós, raramente nos desilude.

Petra said...

Ler, investigar, saber mais é sem dúvida um desafio que nos faz crescer e que não nos cansa!

Brown Eyes said...

Bela já fui assim, hoje só quero viver. O que nos faz feliz hoje pode mudar amanhã e encontrar alguém a quem vale a pena dedicar-nos modifica-nos.
Beijinhos

S* said...

É tão bom ter uma alma curiosa. :)