Pages

Tuesday, June 3, 2014

Porta

Fechamos a porta. Julgamos que a mesma se encontra bem trancada, mas eis que surge o dia em que deixamos uma ligeira frincha aberta. Entras-te sem te convidar, queria que permancesses mas em vez disso sente-se a aragem da porta que deixas-te entreaberta. Não leva muito tempo que torne a fechar a porta, simplesmente porque as frinchas nos deixam mais vulneráveis e eu não quero nem posso ser vulnerável.

No comments: